Licenciatura em Educação Profissional

Padrão

Entre os anos de 2010 e 2011 tive o prazer de ser selecionado para participar do Programa Especial de Formação Pedagógica para Formadores da Educação Profissional. Um projeto da Direção Nacional do SENAI que visa capacitar seu corpo docente para o exercício do magistério em ensino técnico e tecnológico.

De acordo com o sistema educacional brasileiro, para exercer a profissão de professor no ensino básico (ensino infantil, fundamental, médio e técnico) é necessário que o docente possua licenciatura, um nível de graduação que habilita o indivíduo para lecionar. Porém, na área técnica e tecnológica, os docentes em geral são graduados como bacharéis em suas áreas do conhecimento, assim, se faz necessário para estes profissionais um curso de licenciatura para bacharéis. Dessa forma, junto ao programa de Formação Pedagógica do SENAI, os participantes são matriculados em um curso de Licenciatura Plena em Educação Profissional ofertado pela UNISUL, que assim habilita plenamente o indivíduo para o exercício da profissão docente nível profissionalizante.

Tal como qualquer graduação, foi necessário um trabalho de conclusão de curso, e para a minha monografia desenvolvi um projeto de intervenção orientado pela professora Flavia Wagner envolvendo A Integração entre Educação e Inovação em uma Instituição de Ensino Profissional, onde criei estratégias de envolvimento entre os projetos da instituição de ensino com os projetos dos alunos obtendo resultados efetivos, envolvendo competições, vagas de estágio, viajens de estudos e publicação de trabalhos.

Experimento Digital para Transmissão Interativa de Jogos de Futebol

Padrão

Tive a oportunidade de novamente ter um artigo publicado no Simpósio Internacional de Televisão Digital (SIMTVD), agora na segunda edição do evento, na UNESP em Bauru.

Desta vez o artigo foi em parceria com os alunos Vitor Freitas Santos (multiplicador do Ginga Brasil) e Marcos Paes Peters, fruto de um trabalho onde foi desenvolvido um protótipo de uma transmissão interativa de um jogo de futebol em Ginga-NCL.

 

Experimento Digital para Transmissão Interativa de Jogos de Futebol

Ranieri Alves dos Santos
Vitor Freitas Santos
Marcos Paes Peters

Resumo
O presente trabalho apresenta uma abordagem interativa baseada na televisão digital para a veiculação das transmissões interativas com cunho esportivo. A gênese deste trabalho se baseia na necessidade pela dinamização das transmissões esportivas dos eventos que o Brasil sediará como a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. A televisão digital provê qualidade, mobilidade e interatividade para a televisão, sendo que a totalização do sinal digital no país está com previsão para os mesmos anos onde ocorrerão os eventos esportivos sediados no Brasil. Desta forma, estes fatos imprimem a real necessidade do uso da interatividade como fator diferenciador das transmissões brasileiras digitais e interativas na Copa do Mundo e nas Olimpíadas. Para tanto, este artigo, fruto de um projeto de pesquisa em tecnologias digitais expõe os resultados obtidos com o desenvolvimento de um aplicativo interativo para a TV digital utilizando as tecnologias nacionais para a criação de um novo modelo para a exibição de programas esportivos na televisão. O presente projeto é de natureza qualitativa, pois estudou aspectos práticos investigando sobre a eficácia de métodos interativos em transmissões esportivas, e terá caráter bibliográfico e exploratório, já foi composto pelo estudo do estado da arte das transmissões interativas televisionadas. Após a etapa inicial de estudos, foram elaboradas as abordagens interativas, utilizando como base os avanços alcançados na pesquisa bibliográfica e exploratória para o desenvolvimento dos modelos interativos. Com os modelos conceituais construídos, foi elaborado o protótipo para o aplicativo a fim de exemplificar e validar os modelos propostos pelo projeto.
Palavras-chave: esportes, transmissão, interatividade, digital;

Arquivos
Download do Artigo Publicado (PDF – 541KB)